FAIL (the browser should render some flash content, not this).

JULHO 2010

VAI UMA AZEITONINHA? Veja como fazemos e os produtos que temos para si...clique aqui.

JULHO 2010

A imagem da empresa foi actualizada, mas a qualidade mantém-se...visite-nos regularmente e esteja a par das nossas novidades, promoções e receitas.

As azeitonas são frutos de uma árvore da família das Oleaceae,

As azeitonas são frutos de uma árvore da família das Oleaceae, que têm mais de 30 espécies diferentes. A mais conhecida é a Olea europea ou simplesmente oliveira, uma árvore baixa, folhuda e de tronco retorcido.

Esta árvore tem um longo período de vida, podendo alcançar mais de 1200 anos e na fecundação das flores somente uma azeitona é produzida (Bortolotti et al). É muito difícil determinar com rigor a data do aparecimento da oliveira, na sua forma primitiva. A sua cultura iniciou-se na Ásia Menor (Turquia) há 6000 anos.

Do Médio Oriente ao Ocidente, o cultivo de oliveira foi avançando pelo Mediterrânio, levado pelos fenícios do Egipto para a Grécia. No entanto, foi no tempo dos romanos que a olivicultura atingiu o seu esplendor, espalhando-se para a Tunísia, Argélia e Marrocos. Hoje, existe em regiões como a Austrália, Chile, Estados Unidos, Japão, México e África do Sul, entre outros (Bortolotti et al).

As azeitonas não podem ser consumidas directamente a partir da árvore, visto ser necessário um tratamento especial para reduzir a sua amargura natural (causada pela abundante presença de oleuropeína). Estes métodos de tratamento variam de acordo com a zona de cultivo, o sabor desejado, textura ou mesmo a cor a ser obtida (alimentacaosaudavel.org).

Algumas azeitonas são colhidas ainda verdes, enquanto outras amadurecem plenamente na árvore até atingirem uma cor negra. Contudo, nem todas as azeitonas pretas que consumimos amadurecem na árvore, visto que a exposição destas ao ar, através de métodos específicos, e a consequente oxidação transformam a cor verde em preta (alimentacaosaudavel.org).

A cor é também afectada por uma variedade de métodos de transformação a que as azeitonas são submetidas, incluindo fermentação, serem curadas em óleo ou água ou salmoura.

Estes métodos podem causar não só que a azeitona adquira uma cor preta, acastanhada, vermelha ou mesmo amarelada, como também afectam a textura da pele, ficando lisa e brilhante ou enrugada (alimentacaosaudavel.org). Este fruto tem ainda uma grande importância nutricional. Setenta e cinco por cento (75 %) da sua composição é ácido oleico, uma gordura monoinsaturada que consegue baixar os níveis de colesterol no sangue (alimentacaosaudavel.org).

E-mail: geral@heldermadeira.com